Rua Salvador Simões, 596, - Ipiranga - SP
(11) 5060-2740

Anote Aí Gestor: a importância da motivação

O que é motivação e por que esse fator é tão importante no ambiente de trabalho? Muitos chefes parariam de ler agora com a resposta pronta: “para quê mais motivação que o salário no final do mês”.

Não surpreendentemente essa empresa deve ter uma alta rotatividade de profissionais insatisfeitos, baixa produtividade e mal aproveitamento do trabalho como um todo.

Quer descobrir a importância da motivação e porque é tão importante reforçar esse sentimento no ambiente empresarial? Basta continuar lendo esse texto, abordaremos esses e outros assuntos.

O QUE É MOTIVAÇÃO NO TRABALHO

Você já sabe o que é a “síndrome do domingo à noite”? Quando a sensação de ter que trabalhar na segunda-feira é simplesmente horrível e o desejo é que o tempo pare, essa é a principal característica da falta de motivação ou da síndrome fictícia que mencionamos.

Mas o que exatamente é motivação? Bem, a sua etimologia nos informa que o mesmo é o movimento para ação, ou seja, um indivíduo motivado ele movimenta-se de espontânea vontade a fim de alcançar um objetivo ou bater uma meta.

No caso do trabalho, estamos falando diretamente de da vontade de mover-se junto a empresa, como uma unidade, a fim de promover o crescimento mutuo, afinal, existe sim a necessidade de satisfazer-se como indivíduo.

Ainda mais, existem pelo menos 3 fatores intimamente ligados a motivação, esses são:

  • Intensidade ou quantidade de esforço;
  • O foco do esforço ou direção; e
  • Persistência que é o tempo investido até a realização do objetivo.

IMPORTÂNCIA DA MOTIVAÇÃO

Primeiramente, a motivação é um grande fator de qualidade de vida para o colaborador! Nada mais agradável que acordar pela manhã e dirigir-se até o trabalho realizado, seja porque faz o que gosta ou porque está inserido em um ambiente motivador.

De modo geral, profissionais motivados:

  • Produzem mais;
  • O serviço como um todo tem mais qualidade;
  • São engajados com a empresa, ajudando e agregando em seu crescimento;
  • São responsáveis no desenvolvimento de suas atividades;
  • Atendem melhor os clientes; dentre outros benefícios.

O QUE CAUSA A DESMOTIVAÇÃO E SUAS CONSEQUÊNCIAS

A desmotivação tem diversas raízes, pode estar nas relações interpessoais criadas dentro da empresa até mesmo a relação com o líder. Mesmo com tantas raízes, normalmente é possível encontrar o culpado em algum desses 5 motivos:

  1. Estrutura insuficiente para fomentar as atividades desenvolvidas;
  2. Salários baixos ou mesmo congelamento dos mesmos;
  3. Estagnação profissional, isso é, quando o trabalho não apresenta possibilidades de crescimento;
  4. Falta de reconhecimento, afinal, nada pior que trabalhar com afinco e só ter os seus erros apontados;
  5. Benefícios que mais são empecilhos, como, por exemplo, auxílio passagem com valor insuficiente ou mesmo planos de saúde empresarial que tem filas maiores que o sistema público.

Independente do que causa a desmotivação, o importante é identificar o mais rápido possível e trabalhar na criação de um ambiente de trabalho que também traga realização para todas as partes envolvidas.

Lembre-se sempre que os colaboradores são aqueles que fazem a empresa se mover e os mesmos devem ser reconhecidos por isso.

Deixe seu comentário