Rua Salvador Simões, 596, - Ipiranga - SP
(11) 5060-2740

Anote Aí Gestor: benchmarking

Um gestor está sempre a procura das melhores práticas para o seu negócio, seja para aumentar a sua margem de lucro ou mesmo para melhorar a sua interação com o cliente, ultimamente, gerando uma relação mais duradoura e estável com os mesmos.

A busca por esse conhecimento não é feita de maneira superficial, muito pelo contrário, é uma investigação profunda e contínua a fim de levantar quem são os concorrentes do setor e como os mesmos trabalham.

Isso possibilita trazer diversas melhorias para e empresa e, não somente, estruturar um pensamento inovador e visionário!

Quer saber mais sobre esse assunto? Continue lendo esse texto, abordaremos tudo o que você precisa saber sobre o Benchmarking.

A RELAÇÃO ENTRE O BENCKMARKING E A SUA EMPRESA

Como já ressaltamos, o benchmarking é a busca constante pelas boas práticas e estas podem ser aplicadas em qualquer área da sua empresa. Pode ser aplicada em marketing, vendas, finanças,  compras, dentre outras.

Essa pesquisa de mercado permite que empresa realize uma autoanálise e também se posicione em relação ao mesmo. O que está sendo aplicado é o estado da arte? Há a possibilidade de implementar algo novo? Se sim, quando e como começar?

Realizar o benchmarking permite que os processos sejam avaliados levando em consideração o que existe de melhor. Onde a empresa está frente a esses referenciais?

Responder essas perguntas e mudar as respostas sempre que necessário certamente representam grandes melhorias para todos os processos como um todo.

Qual OBJETIVO DO BENCHMARKING?

Um dos grandes objetivos, aquele que leva grande parte das empresas a realizarem o benchmarking é compreender onde a mesma se encontra com relação a determinado processo.

Dessa forma, quanto mais próximo a empresa estiver do modelo considerado padrão ouro, melhor está o seu posicionamento estratégico frente a concorrência.

COM QUE FREQUÊNCIA ESSA ANÁLISE DEVE SER REALIZADA?

Essa é uma pergunta bastante subjetiva, afinal de contas, se a sua empresa realmente busca a excelência em seus processos, deve buscá-la constantemente.

Não existe uma frequência que seja considerada ideal, tão somente a resposta frequentemente satisfaz muito bem essa pergunta. Certamente isso não deve acontecer toda a semana, contudo, trimestral ou mesmo semestralmente já estão dentro das boas práticas.

Vale deixar claro que os padrões estão sempre melhorando, sendo assim, vale ficar atendo, pois, enquanto você aplica uma melhoria em sua empresa, a mesma pode encontrar-se obsoleta em alguns meses.

OS BENEFÍCIOS DO BENCHMARKING

Claro que uma atitude como essa traz uma grade quantidade de vantagens:

  • Melhor compreensão do mercado;
  • Melhoria contínua;
  • Observação de tendências de mercado;
  • Traz uma melhor e maior compreensão sobre os concorrentes;
  • Diminui os erros de processo dentro da empresa;
  • Reduzem os custos.

 

Você acha que o benchmarking é o caminho certo para a sua empresa? Continue acompanhando o nosso blog e descubra inúmeras outras boas práticas de gestão!

Deixe seu comentário