Rua Salvador Simões, 596, - Ipiranga - SP
(11) 5060-2740

Artigo: Como Crescer Rápido: 5 Dicas para Escalar seu Negócio em um País Difícil

O Brasil tem sido palco de grande discussão quando o assunto é empreendedorismo e investimentos. Isso se dá tanto pela crise econômica quanto (ou principalmente pela) instabilidade política que nos circunda desde 2013.

Apesar desse cenário relativamente pessimista, muitos segmentos continuaram crescendo no Brasil. Esse é justamente o caso do mercado pet, que continuou crescendo.

Apesar de alguns mercados terem regredido, não é hora para desanimar, existem algumas dicas que podem ser levadas em consideração na hora de tocar o seu negócio.

Pronto para saber de que dicas estamos falando? Continue lendo esse texto e saiba as 5 coisas que você deve fazer para que o seu negócio alavanque.

DICA 1: O SEU NEGÓCIO CRESCERÁ DE ACORDO COM A SUA EXPECTATIVA

O primeiro passo para a construção de uma multinacional é querer chegar nesse nível! É somente com um grande objetivo que os recursos momentâneos e futuros serão devidamente administrados para fazer esse “sonho” acontecer.

Pare e se pergunte: onde quero chegar? Quero ser a maior empresa da cidade? Do estado? Do país? Ser referência no segmento?

Uma vez que você sabe qual é o seu Norte, movimentar esforços para alcançar será uma tarefa muito mais factível. Afinal de contas, metas ambiciosas certamente traçam uma boa profecia para a sua empresa.

Mas como traçar metas realísticas? Bem vamos falar um pouco sobre isso agora.

TRAÇANDO METAS REALÍSTICAS PARA A SUA EMPRESA

Traçar metas e objetivos para o desenvolvimento da sua empresa não é algo aleatório, mas está intimamente ligado ao plano de negócios do mesmo.

Com isso em mente, você pode começar a delinear o caminho que a sua empresa irá seguir:

  • Definir objetivos estratégicos de médio e longo prazo (por volta de 3 a 5 anos);
  • Definir as metas necessárias para que esses objetivos sejam atingidos (metas pequenas como número de vendas semanal, ou otimizar determinadas tarefas);
  • Saiba quais são os valores necessários para que esse plano deslanche;
  • Use dados financeiros atualizados, no caso de a empresa já existir e esses dados não serem catalogados, esse será o primeiro passo;
  • Leve tudo o que foi decidido para o restante dos colaboradores, isso os deixará cientes que estão trabalhando para chegar a algum lugar; dentre outros.

Cada empresa terá uma identidade única, sendo assim, é importante identificar as melhores métricas para utilizar.

DICA 2: NÃO ABRA A SUA EMPRESA AINDA, TRABALHE EM OUTRA

Estar dentro de uma empresa já estabelecida e de rápido crescimento te dará uma visão muito específica de como um mercado dinâmico irá se mover. Não somente, você terá uma ideia completa das aptidões que necessitam ser desenvolvidas.

Uma das mais importantes habilidades que se pode conseguir em um local como esse é a de gerir diversos departamentos. Imagina criar uma empresa de rápido crescimento, contudo, não consegue escalar no mesmo ritmo que os clientes chegam.

É necessário encontrar soluções em software e hardware que combinem com o serviço e/ou produto oferecido, assim como contratar e capacitar cada vez mais pessoas para fazer com que tudo aconteça sem gargalos de produção.

Certamente a experiência que se terá dentro de uma empresa de rápido crescimento será inestimável para que você possa aplicar a sua!

DICA 3: SEUS FUNCIONÁRIOS SÃO O SEU PRINCIPAL RECURSO

Um dos maiores erros que empreendedores podem cometer é negligenciar os seus colaboradores, seja no âmbito financeiro, intelectual ou mesmo pessoal, sendo esses problemas remuneração insuficiente, falta de capacitação e falta de reconhecimento respectivamente.

Para crescer é necessário primeiro gastar. Essa é uma máxima que nunca deve ser deixada de lado. É preciso investir em capacitação, criação de um ambiente de trabalho adequado, reconhecimento das conquistas, dentre outros.

No mais, os seus colaboradores devem ser parte da sua empresa e não se sentir como uma peça completamente substituível.

DICA 4: O FOCO DEVE ESTAR NA PRINCIPAL ATIVIDADE DO SEU NEGÓCIO

Quando começa a crescer e diversas outras oportunidades de negócio começar a aparecer é difícil perder o foco. Diversificar o negócio pode parecer algo extremamente promissor, afinal, se está também apontando para outros públicos alvo, certo?

Nem sempre isso pode ser levado em consideração e aceito como realidade. Fortalecer a principal fonte de renda da sua empresa pode ser a abordagem mais certa, afinal, é por esse serviço/produto que a empresa fica conhecida.

Isso faz com que seja possível aproveitar diversas oportunidades de um mesmo mercado, fortalecendo o coração do empreendimento. Mas não esqueça, diversificação deve sim vir, contudo, na hora certa!

DICA 5: ESTEJA SEMPRE LIGADO NAS MUDANÇAS DE MERCADO

Uma vez que você esteja dentro do mercado consumidor a empresa não mais é sua, mas sim do próprio. Os seus clientes agora definem como deve ser a abordagem da sua empresa, como ela deve acrescentar em suas vidas.

Nesse sentido, também é hora de estar aberto a todas as tendências. Dizer que uma empresa precisa ter um site e estar presente nas redes sociais não é novidade nenhuma, contudo, muitas negligenciam essa “obrigação” e, por conseguinte, não crescem.

É aqui que ficar completamente atento à movimentação do mercado, assim como aos hábitos específicos do seu público-alvo, usando essas informações para guiar a sua empresa ao rumo correto.

Hoje ter uma página no Facebook e Instagram é obrigação, contudo, amanhã outra forma de comunicação pode surgir e sua empresa não pode ficar para trás, sendo obsoleta e perdendo inúmeras oportunidade de negócio.

PRONTO PARA COMEÇAR A INVESTIR?

Agora que você já tem essas 5 dicas de ouro de como escalar o seu negócio em um país difícil, já pode começar a pensar em como aplica-las. Estude a sua empresa, conte com assessoria especializada e dê o primeiro passo para crescer!

Deixe seu comentário