Artigo: tudo que você precisa saber sobre um ERP

Hoje em dia todas as empresas procuram as melhores ferramentas para saírem na frente da concorrência. Uma dessas ferramentas é justamente o Enterprise Resource Planning (ERP), ou, em português, Planejamento dos Recursos da Empresa.

Planejamento estratégico é uma das principais armas que as empresas do século XXI tem para vencerem a adversidade em um mercado extremamente competitivo. Não somente, gerar, armazenar e usar dados são a chave para que isso seja feito de forma efetiva.

Curiosos para saber mais sobre os ERPs e o seu papel nesse processo? Continue lendo esse texto, separamos tudo o que você precisa saber sobre essa ferramenta que irá dar um boost no processo de tomada de decisão em sua empresa.

MAS O QUE EXATAMENTE É O ERP?

Essa é uma expressão que tem estado na boca de executivos e gestores do mundo inteiro. Normalmente utilizadas por grandes empresas a fim de avaliar de perto todos os seus processos, o seu objetivo é somente um: auxiliar na tomada de decisão.

Imagina só para uma empresa do tamanho da UBER tomar decisões empiricamente, sem tomar em consideração a estratégia do negócio. Certamente isso resultaria em inúmeros prejuízos e situações estrategicamente ruins.

Dessa forma, ao invés de fazer algo porque parece certo, essas empresas contam com ferramentas como o ERP.

Esses softwares nada mais são que ferramentas que ajudam as empresas a empresas os seus processos internos de forma clara. Normalmente elas auxiliam na criação de um banco de dados preciso que permite a consulta a qualquer momento, em especial, no momento de tomada de decisões.

Mas o que faz desse software tão especial?

É uma pergunta muito válida, caso você esteja se fazendo nesse momento.

Primeiramente, ele integra dados e relatórios gerados dentro da empresa, sejam eles gerados pela equipe de vendas, finanças, contabilidade, estoques, compras, logística, etc.

Hoje, esse nível de integração pode ser considerada uma exigência de mercado, caso a sua empresa não a tenha é muito provável que ela já saia atrás da concorrência. Afinal de contas, tomar decisões muito bem embasada e também ter um controle fino sobre todos os processos e em tempo real.

Tudo isso permite que cada passo dentro da empresa seja feito de forma estratégica e tenham impacto direto na produtividade e nos resultados esperados. Como dissemos, quem conta com um ERP já está saindo na frente.

AS VANTAGENS DE CONTAR COM UM ERP

Não somente, contar com um ERP como ferramenta de gestão no seu negócio também irá permitir uma série de vantagens (que nem foram mencionadas ainda):

  1. Automatização de processos, permitindo que os colaboradores possam dedicar o seu tempo a atividades que realmente importam, melhorando a produtividade e os resultados;
  2. Elimina a necessidade de controles indiretos e arcaicos como planilhas ou mesmo o preenchimento de formulários manuais.
  3. Evita a divergência de informações, uma vez que os dados são preenchidos no momento em que são executados;
  4. Melhora a comunicação entre os departamentos, algo que antes era feito através de relatórios e memorandos;
  5. Disponibiliza dados em tempo real, permitindo a tomada de decisão e o melhoramento dos processos no ato;
  6. Maior domínio sobre as operações que estão acontecendo na empresa;
  7. Elimina a necessidade de troca de relatórios entre departamentos e aumenta a eficiência na troca de informações; dentre outras vantagens.

PARA QUEM É O ERP?

Existe um pensamento amplamente difundido que somente grandes empresas podem aproveitar das vantagens de contar com um ERP para o seu gerenciamento estratégico. Essa é uma ferramenta de automação comercial e serve para absolutamente todas as empresas que desejarem realizar esse investimento.

Claro, quando se trata de uma empresa pequena é muito mais simples conseguir integrar todos os departamentos, até porque, normalmente isso é feito por uma quantidade pequena de pessoas, dessa forma, é muito mais fácil trocar informações.

Contudo, quando isso é feito por grandes equipes e em departamentos diferentes levar os dados gerados por cada um dos times é um verdadeiro desafio, contudo, o ERP, como já falamos acima, é uma ótima solução.

Um dos exemplos mais relevantes que explicam como esse tipo de relação é importante é a da a gestão de estoque e da equipe de vendas. Os dados são lançados automaticamente e a equipe responsável por gerenciar o estoque pode acompanhar em tempo real e saber a hora exata de repor algum produto.

COMO FUNCIONA O ERP?

A grande maioria dos ERPs são divididos em módulos e podem ser contratados separadamente. Dessa forma, cada empresa pode personalizar o software de acordo com as suas necessidades específicas.

Seja a gestão financeira, de estoque ou mesmo o controle de processos, é possível sim adquirir o programa ideal para a sua empresa e integrar as áreas. Pode ser financeiro e vendas ou mesmo estoque e vendas, etc.

O QUE CONSIDERAR ANTES DE ADQUIRIR UM ERP?

Bem, as vantagens de um ERP são inúmeras, contudo, o que levar em consideração antes de adquirir um para gerenciar o seu negócio? Veja a seguir:

  • Avaliar as necessidades específicas da sua empresa;
  • Ao adquirir um ERP também é necessário investir em uma infraestrutura específica para usá-lo;
  • O software deve atender a legislação do seu segmento;
  • Levar em consideração o processo de implementação;
  • Avaliar o suporte dado pelo desenvolvedor;
  • O curso benefício da implementação; dentre outras.

QUANTO CUSTA UM ERP?

O custo de um ERP irá depender se dos módulos contratados assim como o tipo de software contratado, se é completamente online ou offline. No primeiro caso se contrata um serviço (SaaS), dessa forma se paga uma mensalidade e no segundo se adquire o programa em si.

Quer se aprofundar mais ainda no assunto? Nós temos um guia completo para você conhecer tudo sobre o ERP, para acessá-lo basta clicar aqui.

Deixe seu comentário