Gestão de RH nas pequenas empresas: Os segredos para extrair o máximo de cada um

Você quer ter pessoas 100% comprometidas com o seu negócio?

Provavelmente, sua resposta é sim.

Principalmente porque você sabe que as pessoas são peças-chave de qualquer negócio. Mas ter colaboradores engajados com o seu empreendimento é uma tarefa difícil. Aliás, árdua. Porque as relações interpessoais são naturalmente complicadas. Afinal, cada uma das pessoas da sua equipe nasceu em uma família diferente e recebeu uma criação.

Além disso, cada pessoa tem hábitos, costumes, princípios, valores e gostos. E ainda, para completar, temos fatores que agravam ainda mais a fluidez das relações interpessoais na empresa, como pressão, metas e competitividade. Logo, fazer com que todas essas pessoas de uma equipe remem em uma única direção é um desafio (e tanto).

Então, é justamente aqui, neste ponto, que entra a gestão de RH nas pequenas empresas.

Porque mesmo o seu empreendimento ainda sendo de porte menor, ele precisa extrair o máximo de cada uma das pessoas do seu time. Afinal, são essas pessoas que, junto com você, farão com que sua empresa não só se mantenha no competitivo mercado, mas mude até mesmo de porte.

Sempre conquistando os resultados estabelecidos a partir de metas.

Mas a pergunta que não quer calar continua latente: Como ter pessoas 100% comprometidas com o seu negócio?

Desenvolvendo a gestão de pessoas na sua empresa. Então, você está curioso como isso pode ser feito no seu empreendimento?

Se você acabou de balançar a cabeça concordando em saber mais sobre a gestão de RH nas pequenas empresas, continue lendo este artigo.

Gestão de RH nas pequenas empresas: Por onde começar

O primeiro ponto que você precisa entender para conquistar colaboradores 100% comprometidos com o seu negócio é investir na administração profissional de pessoas.

Neste primeiro momento, você não precisa ter necessariamente uma área. Mas ter pelo menos uma pessoa cuidando das pessoas da sua empresa faz uma grande diferença nos resultados. Porque essa pessoa será o alicerce para as mudanças que você quer e/ou precisa fazer para cumprir os principais objetivos da sua organização.

Para você ter ideia da importância da gestão de RH nas pequenas empresas, responda a seguinte pergunta:

Você traça o perfil das pessoas que ocuparão cargos no seu negócio?

Você descreve as funções delas?

E como é o processo seletivo? Ele é planejado para selecionar o perfil necessário para atingir os resultados que você almeja para a sua empresa?

Ao responder essas questões básicas, você já deve ter percebido a importância de ter uma pessoa cuidando da gestão de pessoas no seu negócio. Além de traçar metas e objetivos para a sua empresa, você também precisa ter as pessoas certas ao seu lado para que sua empresa chegue onde você sempre quis.

Outro ponto essencial que a pessoa responsável pelo RH fará pelo seu negócio é orientar as pessoas responsáveis por áreas como devem ser conduzidas as relações entre líderes e liderados.

Como manter a harmonia e maximizar a produtividade rumo aos objetivos

Os líderes são os grandes responsáveis por obter 100% dos colaboradores.

E, como você bem sabe, esta tarefa não é nada fácil, como já falamos no início deste artigo. Mas existem fatores essenciais que podem ser fomentados pelos líderes de áreas ou processos.

Por que os líderes devem fazer isso?

Porque são eles que estão convivendo com as pessoas no dia a dia. Logo, eles são capazes de diagnosticar problemas. E um mais comum deles é a motivação.

Ela é essencial em qualquer ambiente organizacional e se o colaborador não está empenhando ao trabalhar na sua empresa, a produtividade dele será prejudicada. Então, se alguém da equipe está desmotivado, o primeiro passo é entender o que está ocorrendo para que ele não esteja comprometido com as atividades dele.

Para isso, é preciso observar e dialogar com essa pessoa. Se for um problema pessoal, o líder deve oferecer apoio a ela. Mas se for um problema relacionado à equipe, à metas ou ao relacionamento interpessoal, o líder, junto com esse colaborador, solucionar o problema o mais rápido possível.

Valorizar as pessoas pelo empenho e desempenho das tarefas no dia a dia é uma forma de motivá-las.

Além disso, os líderes também conseguirão mantê-las engajadas no propósito do negócio. E, para completar, a valorização normalmente vem acompanhada de feedback.

Então, se os líderes acompanham os processos e avaliam o trabalho e o desempenho de cada um dos integrantes da equipe, as pessoas sabem o que estão fazendo certo.

Além de conhecerem os pontos que precisam ser aprimorados.

Trabalho em equipe potencializa os resultados

Outro quesito que deve ser desenvolvido pelos líderes na sua empresa é a promoção de trabalhos em equipe.

Conciliar a participação de todos no cumprimento das tarefas de rotina e/ou em projetos traz resultados. Porque cada um da equipe tem um perfil, uma história, uma visão de mundo e habilidades diferentes. Então, se as lideranças conseguem conciliar as diferenças entre os colaboradores e extrair o potencial individual em prol de uma causa coletiva, a entrega não é só feita, mas o resultado dela surpreende.

Coloque essa experiência em prática no seu negócio.

Porque com ela, você terá a oportunidade de conduzir o seu time à alta performance.

Diminua as distâncias

Quando você consegue alinhar colaboradores, lideranças e processos às metas, você tem colaboradores se dedicando 100% ao seu negócio.

Embora esta não seja uma tarefa fácil, ela é possível de ser executada na sua empresa. 

E mesmo que você ainda não tenha como viabilizar uma área de RH, comece contratando 1 pessoa para cuidar das pessoas que estão trabalhando junto com você. Também se empenhe em cuidar das lideranças do seu negócio, porque são elas que estarão atentas à execução dos processos e, claro, ao desempenho das pessoas que estão participando deles. Porque são os líderes capazes de motivar, dar feedback, de conciliar as diferenças e ainda reunir as características de cada um para a realização de tarefas do dia a dia ou projetos.

Então, não abra mão da gestão de RH no seu empreendimento.

E se depois de ler este artigo você deseja continuar tendo acesso a conteúdos como este, não deixe de ler os novos artigos aqui, no blog, e também de nos seguir nas redes sociais.

Deixe seu comentário